Como instalar o Zabbix no Debian 10

Compartilhe esse post

Há alguns dias foi lançado a nova versão da distribuição GNU/Linux Debian. Este artigo tem como objetivo simples, instruir você quanto em como instalar o zabbix no Debian 10.

Requesitos

Os requisitos para seguir este tutorial são básicos:

  • Uma máquina com sistema Debian 10
  • Acesso administrativo a este sistema
  • Acesso à internet

Direto ao assunto – Instalar pacotes Zabbix e Dependências

De posse do Shell, execute os comandos informados abaixo:

wget https://repo.zabbix.com/zabbix/4.0/debian/pool/main/z/zabbix-release/zabbix-release_4.0-2+buster_all.deb
dpkg -i zabbix-release_4.0-2+buster_all.deb
apt update
apt install mariadb-server zabbix-server-mysql zabbix-frontend-php zabbix-agent zabbix-get zabbix-sender

Criando Banco de Dados Zabbix e Usuário com Acesso

Agora, prepararemos a base de dados dentro do MySQL para que o Zabbix Server possa usá-lo para armazenamento da informação.

Abra o Shell do Debian e insira os seguintes comandos para criar a base de dados, criar usuários com senha ‘123456’ e posteriormente, damos a este usuário zabbix o acesso total a base de dados com nome zabbix.

Nota: os comandos a seguir devem ser executados com usuário super admin do sistema. Caso o usuário administrativo do seu SQL (root) possua senha cadastrada, basta inserir a senha anter do parâmetro “-e”:

mysql -u root -p'123456' -e "Query SQL a ser utilizada";

Caso sua instalação seja limpa, não precisa de entrar com a senha, pois o Debian, por padrão, cria o usuário ‘root’ do banco de dados sem senha.

Dando seguimento a nossa trilha, basta seguir os próximos comandos:

mysql -u root -e "create database zabbix character set utf8";
mysql -u root -e "create user 'zabbix'@'localhost' identified by '123456'";
mysql -u root -e "grant all privileges on zabbix.* to 'zabbix'@'localhost' with grant option";

Ajustes no Arquivo de Configuração do Zabbix Server

Nosso próximo passo será executar um pequeno ajuste no arquivo de configuração do Zabbix Server.

Abra para edição o arquivo “/etc/zabbix/zabbix_server.conf

nano /etc/zabbix/zabbix_server.conf

Procure pela linha que contenha o valor ‘#DBPassword=’, tal como a imagem a seguir:

Remova a cerquilha (#) do início da linha e insira a senha definida para acesso ao banco de dados para o usuário zabbix, que no nosso caso é ‘123456’. Tal como a imagem a seguir:

Após a edição do arquivo, salve e feche o mesmo.

Criando a Base de Dados do Zabbix

Nossa próxima etapa é criar toda a estrutura de tabelas e seus relacionamentos dentro do MySQL.

Para isso, utilizaremos um script SQL que já vem pronto na instalação com o seguinte comando:

zcat /usr/share/doc/zabbix-server-mysql/create.sql.gz | mysql -u root zabbix

Ao fim deste processo, o banco de dados zabbix já possuirá toda a estrutura necessária para uso do sistema.

Preparando o Servidor Web para o Zabbix Front End

Nesta etapa, realizaremos a configuração do servidor web Apache para que este levante o front end do Zabbix Server para que possamos administrar o sistema.

O que precisamos fazer é relativamente simples:

Remover o comentário de uma linha e definir o nosso timezone:

Conforme apresentado na imagem acima, o arquivo de configuração vem de forma genérica configurado para operar tanto com o PHP na versão 5 quanto na 7.

Esta versão do Debian (Buster/10) vem por padrão com a versão 7 do PHP. Logo, apenas precisaremos descomentar a linha referida pela seta na imagem removendo a cerquilha do início da linha (#) e em seguida, retirar o valor “Europa/Riga” que vem por padrão e inserir nosso próprio TimeZone.

No Brasil, os time zones mais utilizados são:

  • America/Recife
  • America/Sao_Paulo
  • America/Cuiaba
  • America/Manaus

Estes valores de time zone devem suprir a maior parte das necessidades de localidades do Brasil. Caso acredite que precisa usar outro e não sabe qual é, pode pesquisar no site do PHP os valores possíveis com o link a seguir:

https://php.net/manual/pt_BR/timezones.america.php

A imagem a seguir, mostra a configuração realizada para um ambiente instalado em Recife, Pernambuco, Brasil.

Após essa configuração ser realizada, salve e feche o arquivo.

Agora, precisamos recarregar o apache para que ele leia a configuração que alteramos e a carregue em memória. Use o seguinte comandos para isso:

systemctl restart apache2

Acessar o Front End do Zabbix

Agora que já configuramos o ambiente, apenas precisamos acessar o front end para corrermos com o restante da configuração.

Abra o navegador de internet e acesse o zabbix informando a URL formada por IP.do.Servidor.Zabbix/zabbix

Em nosso laboratório, estamos instalando no próprio Desktop, logo, podemos usar o endereço 127.0.0.1

Ao abrir a tela inicial, clique em “Next step”.

Na próxima tela é feita toda a checagem de dependências para que o front end funcione corretamente. Se você seguiu os passos até aqui, não terá problemas. Basta clicar em “Next step” novamente.

Na próxima tela, insira a senha de acesso ao banco de dados e clique novamente em “Next step”

Nas próximas 2 telas que se seguem, basta clicar em avançar clicando em “Next step” e na terceira, clique em “Finish” para encerrarmos o processo.

Agora, basta inserir usuário e senha padrão do sistema para acessar e começar a brincadeira.

Usuário: Admin

Senha: zabbix

Espero que tenham curtido e que lhe seja útil essa instrução.

Grande abraço a todos!

Deixe o seu comentário

Quer receber nossas atualizações com conteúdos exclusivos?

Deixe seu contato

Mais artigos para você explorar

Como instalar o Grafana
GLPI

Como instalar o Grafana

Aprenda com este novo #pulo da #gataVerde como instalar o Grafana, um dos visualizadores de dados opensource mais usados e eficiente do mundo.
Post atualizo com correção de BUG de segurança. Recomendamos a atualização URGENTE em ambientes de produção.

GLPI

Como instalar GLPi 10

Aprenda de forma rápida e direta a instalar o GLPi 10 em um GNU/Linux Debian 11. Recentemente foi liberada pela Teclib a nova versão do GLPi, a 10. Veja nosso artigo e aprenda a sair na frente.