Como instalar o Grafana

Como instalar o Grafana
Como instalar o Grafana

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Aprenda com este novo #pulo da #gataVerde como instalar o Grafana, um dos visualizadores de dados opensource mais usados e eficiente do mundo.

Aprenda neste novo #pulo da #gataVerde como instalar o Grafana, um dos visualizadores de dados opensource mais usados e eficiente do mundo.

O que é o Grafana

Grafana trata-se de uma aplicação web de código aberto criada para permitir a fácil e rápida construção de dashboards, bem como a análise de dados por meio de conexão a diferentes fontes de dados. Isso mesmo. Você pode ter várias fontes distintas de dados para análise.

Dashboard da Central de Serviços montado com GLPi + Powerdash no Grafana
Dashboard do GLPi + Verdanadesk Powerdash montado no Grafana

Por que a Verdana está falando de Grafana?

Aqui na Verdanatech estamos buscando sempre por melhoria contínua em nossos produtos e portfólio de serviços. E isso claro, envolve sempre discutirmos as necessidades e dificuldades de nossos Clientes. Afinal, estes estão no centro de nosso trabalho!

Uma demanda crescente que tem tomado um bom tempo em nossas reuniões, é a necessidade específica e pontual de alguns Clientes Verdanadesk com relação a criação de indicadores de suas Centrais de Atendimento. Por se tratar de demandas específicas e pontuais, ou seja, atenderão apenas a um único Cliente ou a um grupo pequeno destes, fica difícil priorizar tais demandas em cargas de trabalho programadas que visam atender a maior parte dos Clientes.

Mas, mesmo sendo uma demanda que atende a uma parcela pequena de Clientes, ela continua a existir e, se é problema de um de nossos Clientes, é um problema nosso a ser resolvido.

Foi então que, numa de nossas sessões de brainstorming entre Consultores e Desenvolvedores, surgiu o Plugin Powerdash: O poder nas mãos dos Clientes Verdanadesk.

Como entregarmos nas mãos de nossos Clientes o poder da criação de indicadores e dashboards?

O nascimento do Powerdash

Tendo essa pergunta como tema central da sessão de brainstorming, chegamos aos conceitos principais para a construção de um novo produto.

Este plugin, Powerdash, tem como objetivo o EMPODERAMENTO de nossos Clientes para que estes possam gerar seus próprios dashboards, sem necessidade de envolver nossa equipe de desenvolvimento ou consultoria para alcançar seus objetivos únicos e específicos.

A ideia, baseia-se na premissa de que os próprios Clientes poderão criar seus indicadores, tabelas de dados e gráficos no sistema e com isso montar seus próprios painéis de monitoramento, numa espécie de gourmetização de indicadores, sem que isso passe a incidir em custos de desenvolvimento para os mesmos e, permitindo ainda, que possam compartilhar os resultados de seus trabalhos com seus Clientes de forma fácil, personalizada, rápida e segura.

Visão básica do Verdanadesk Powerdash
Construção de indicador no Powerdash
Indicador do Verdanadesk Powerdash sendo montado no Grafana
Montagem do gráfico no Grafana

Detalhes de como chegar até este resultado é tema para um próximo post. #fiqueAntenado ao nosso site e canal no Youtube. 🙂

Como instalar o grafana

Para esta etapa, existem escolhas importantes a serem feitas.

O Grafana pode ser instalado por você mesmo, onde você terá de suportar a infraestrutura, bem como controlar os riscos envolvidos no processo. Caso não goste dessa ideia você pode contratar o serviço em nuvem com os próprios mantenedores, ou com vários outros fornecedores deste mesmo serviço pela internet.

Além das opções citadas, Clientes Verdanadesk que utilizam o plugin Powerdash não precisam se preocupar com este nível de suporte a infra. Para estes, podemos entregar um acesso pronto ao Grafana para montarem seus tão sonhados dashboards integrados ao Powerdash.

Para os que pensam em manter seu próprio Grafana, tal como dito na primeira opção, a boa notícia é que este pode ser instalado nos principais sistemas operacionais: Linux, MAC e Windows.

Neste post, nos limitaremos a instalação do mesmo em sistemas Linux, como de praxe, já que estamos falando de um serviço que estará disponível para o Negócio sempre que for necessário.

Sistema GNU/Linux Usado

Para este procedimento, usaremos o sistema GNU/Linux Debian 11.

Caso você não saiba como instalá-lo, não há problemas. Basta assistir nosso vídeo e sair com o seus Linux instalado em 20 minutos, prontinho para execução deste procedimento.

Instalação do Sistema GNU/Linux Debian 11

As funcionalidades do sistema podem ser expandidas por meio da instalação de plugins, cada um com suas próprias finalidades características.

Baixando e instalado o Grafana

Os pacotes do Grafana podem ser baixados de forma gratuita diretamente do site do mantenedor.

Aqui usaremos a versão mais recente disponível no site e, sempre que possível, manteremos os comandos atualizados para a nova versão.

Procedimento de instalação

Para iniciarmos com a instalação, acesse o terminal do seu Sistema como usuário root e execute os comandos a seguir:

#
# Entrando no diretório /tmp
#
cd /tmp

#
# Instalando dependências via apt
#
apt install -y adduser libfontconfig1

#
# Baixando o pacote .deb do Grafana
#
wget https://dl.grafana.com/enterprise/release/grafana-enterprise_8.1.4_amd64.deb

#
# Instalando o pacote baixado
#
dpkg -i grafana-enterprise_8.1.4_amd64.deb

Com os comandos acima executados, teremos o Grafana já instalado em nosso sistema.

Agora, nosso próximo passo será configurá-lo para subir junto com o sistema operacional, bem como já inicializá-lo para usá-lo agora. Isso pode ser executado digitando os seguintes comandos no terminal:

#
# Colocando o Grafana para iniciar com o sistema
#
systemctl enable grafana-server

#
# Iniciando o Grafana
#
systemctl start grafana-server

Após a instalação, o sistema estará disponível via navegador web, bastando digitar o “http://endereçoServidor:3000”.

As credenciais de acesso inicial são:

Usuário: admin

Senha: admin

Tela de login do Grafana

Você deve realizar a troca da senha já no primeiro acesso.

Conclusão

Conforme vimos neste post, a instalação do Grafana é relativamente simples.

Outro fato que podemos citar é que, sem dúvidas, o Grafana está entre os visualizadores de dados mais usados no mundo. E, com toda certeza, que é o mais utilizado na comunidade brasileira de Prestadores de Serviços em TI devido sua fácil conexão com o Sistema de Monitoramento Zabbix.

Isso justifica por que foi a opção número 1 escolhida pela Verdanatech para este novo Projeto (Verdanadesk Powerdash) que visa o empoderamento de nossos Clientes na construção de seus próprios Dashboards.

Fique antenado. Em breve lançaremos mais conteúdos evoluindo esta ideia!

Deixe o seu comentário

Quer receber nossas atualizações com conteúdos exclusivos?

Deixe seu contato

Mais artigos para você explorar

Gerenciamento de Projetos
Gerenciamento de Projetos

Como Gerenciar Projetos no GLPi

Aprenda a Gerenciar Projetos no GLPi de forma rápida e fácil usando conceitos do PMBOK, PMC (Project Model Canvas) e Verdanadesk.

GLPI

Como Fazer Backup do GLPi

Aprenda como fazer backup do GLPi de forma simples, rápida e com um nível mínimo de garantia.
Por que realizar backup?
Tão importante quanto ter um sistema de Gestão de Serviços operando, é garantir que ele esteja de fato disponível sempre que necessário e que possa ter ainda a capacidade de ser recuperado em caso de desastres.